10ocupados-campanha-governo-bahia

10ocupados e Governo da Bahia contra o Aedes Aegypti

O ambiente digital pode ajudar no combate ao Aedes Aegypti. A Leiaute Propaganda criou uma campanha para o Governo do Estado da Bahia com diversas ações para envolver o público mais jovem na guerra contra o mosquito.

Falar sobre o combate é um verdadeiro desafio. As agências criam campanhas de publicidade todos os anos com o desafio de renovar a mesma mensagem.

Para a campanha do Governo da Bahia, criamos um vídeo para web envolvendo os influenciadores do canal @10ocupados que conta com mais de 1.300.000 seguidores.

Os “meninos de Itinga”, bairro periférico de Lauro de Freitas, estão entre os maiores influenciadores digitais da Bahia.

No vídeo criado, os @10ocupados assumem o papel dos heróis do Caça-Mosquito, uma paródia bem-humorada do clássico filme Caça-fantasmas. Além da moda, uma paródia musical também ajudou a caracterizar os personagens.

O vídeo foi postado no Youtube e Facebook do grupo. Você pode conferir abaixo nas duas plataformas:

Dentro de uma lógica transmídia, também foi produzido um vídeo 360° com Leozito, um dos personagens do @10ocupados que estava presente na primeiro peça. É uma segunda aventura para o mesmo herói.

Confira o 360 abaixo, lembrando que a experiência é bem mais interessante em dispositivos móveis ou com óculos interativos.

A produção dos dois vídeos é da Ative – Negócios Criativos.

Um caminhão itinerante levará os óculos interativos e outros produtos para os alunos das escolas públicas baianas.

Alunos baianos experimenta vídeo 360º da campanha contra o mosquito

Alunos baianos experimenta vídeo 360º da campanha contra o mosquito

Cinema itinerante do Governo da Bahia leva conteúdos de vídeo para alunos de escolas públicas baianas

Cinema itinerante do Governo da Bahia leva conteúdos de vídeo para alunos de escolas públicas baianas

10ocupados lançam vídeos em escola pública baiana

10ocupados lançam vídeos em escola pública baiana

Em outra ação digital da campanha, criamos o perfil do Mosquito Aedes no Instagram. Ele segue os usuários até que eles decidam seguir de volta.

Para potencializar as interações com o perfil do mosquito, ele foi criado com uma personalidade forte. Através de provocações e ironias, o mosquito incomoda os usuários no Instagram.

Acredito que é cada vez mais necessário criar campanhas que gerem conversação nas redes. Para isso, é fundamental produzir conteúdos e peças que os usuários queiram ver de verdade. Muito diferente de uma peça que interrompe a fruição de alguém vendo sua novela favorita na TV ou acessando o vídeo ou canal de um youtuber.

Os conteúdos devem parecer cada vez menos publicitários e devem ter alma e corpo de conteúdo.

Outro aspecto importante é agregar, dentro dos conteúdos de uma marca como o Governo da Bahia, a poderosa cultura do fã de Henry Jenkins.

A relação dos 10ocupados com o público do seu canal vai muito além do normal. Não é como assistir a um conteúdo qualquer na internet. Os fãs aguardam ansiosamente cada publicação e novo vídeo. Eles possuem comunidades para falar sobre o assunto e avaliam tudo que é publicado.

Por isso, a responsabilidade de produzir um conteúdo “publicitário” em parceria com eles é grande. A exigência dos fãs é ainda maior, pois não querem ver seus heróis maculados por uma marca.

Respeitar a linguagem do canal e dar liberdade criativa para eles em um processo de co-criação é essencial para um projeto como esse.

As marcas devem criar histórias. Estruturas narrativas bem construídas podem alterar decisões e persuadir pessoas a adotarem novos comportamentos como o combate ao mosquito.

É nisso que acredito.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *